Projetos

Imagem destacada Projetos
Todos os projetos

Os projetos e iniciativas da Fundação Vale são desenvolvidos nos eixos de Educação, Saúde Básica, Inclusão Produtiva e Proteção Social, além de incluir cinco Estações Conhecimento. Os projetos são implementados nos territórios em que a Vale atua. Nessa página, você pode conhecer um pouco mais sobre os projetos e filtrar considerando a temática, o estado ou o município de atuação. 

Ciclo Saúde Proteção Social

Ciclo Saúde Proteção Social tem o objetivo de fortalecer as ações de prevenção de doenças e promoção da saúde com uma política transversal do SUAS, com gestores e profissionais das áreas da Saúde e Assistência Social mais qualificados e com melhores condições técnicas e materiais para uma atuação que faça diferença nos territórios.

As ações estão organizadas a partir da experiência acumulada pelo Ciclo Saúde nos territórios com ênfase em metodologias ativas e participativas, reconhecidas e com resultados. Em parceria com o Centro de Promoção da Saúde (CEDAPS) e as secretarias municipais, os principais objetivos da iniciativa são desenvolver capacidades e fomentar a educação permanente de gestores e profissionais; fomentar a cultura da atuação intersetorial; ampliar o desempenho da Atenção Básica em Saúde e Assistência Social e melhorar indicadores Sociais e de Saúde (Previne Brasil). 

Acompanhe os materiais desenvolvidos pelo programa no canal Ciclo Saúde  e pela rede social Ciclo Saúde Proteção Social.

Estações Conhecimento

As Estações Conhecimento são equipamentos mantidos pela Fundação Vale que oferecem atividades de educação, cultura e esporte no contraturno escolar, tendo como principal público crianças e adolescentes de 6 a 17 anos. Por meio de suas programações, contribuem para o desenvolvimento social das comunidades atendidas, fomentando a criatividade, a inovação, a articulação de parcerias, a participação e o compartilhamento de ações entre entes públicos e sociedade civil organizada e as comunidades, valorizando as características de cada região. São cinco Estações Conhecimento, situadas nos municípios de Arari (MA), Brumadinho (MG), Serra (ES), Marabá e Tucumã (PA).

São instituições independentes, mantidas principalmente com recursos diretos da Fundação Vale, recursos incentivados da Vale e recursos provenientes de empresas parceiras. Os recursos incentivados são originários do Fundo da Infância e da Adolescência (Conselhos Municipais de Defesa da Criança e do Adolescente) e da Lei de Incentivo ao Esporte (Secretaria Especial do Esporte).

Saiba mais sobre cada Estação Conhecimento:

Estação Conhecimento Arari

Estação Conhecimento Brumadinho

Estação Conhecimento Serra

Estação Conhecimento Marabá

Estação Conhecimento Tucumã

Fazer Ciências

O Projeto Fazer Ciências é uma iniciativa da Fundação Vale, em parceria com a Comunidade Educativa (CE CEDAC) e investimentos complementares da empresa DHHI, tem como objetivo refletir sobre novas formas de ensinar e aprender Ciências e Matemática na rede municipal de Itabira, permitindo que os estudantes possam ser protagonistas de suas aprendizagens e descubram o prazer ao longo deste processo, dando às Ciências e à Matemática um significado real.

Para alcançar tal objetivo, o Fazer Ciências prevê a formação sistemática dos professores do Ensino Fundamental e demais profissionais, como a equipe da Secretaria Municipal de Educação, os gestores escolares e os coordenadores pedagógicos. Além das formações dos educadores, é igualmente importante que os alunos tenham acesso a situações e a materiais para que possam investigar, pensar e sistematizar novos conhecimentos. Desta forma, o projeto também prevê a disponibilização de conteúdo e materiais para as escolas, contribuindo para o desenvolvimento de atividades investigativas de situações-problema reais junto aos alunos nas áreas de Ciências da Natureza e Matemática.

Frente SAN – Segurança Alimentar Nutricional

O projeto tem o objetivo de apoiar a estruturação de arranjos produtivos rurais sustentáveis dos agricultores familiares de Minas Gerais e Maranhão. Realizado em parceria com o Instituto Meio e investimentos complementares do BNDES no âmbito do Fundo Socioambiental

Inova Up

O Programa Inova Up surgiu pela inspiração da fusão dos programas do Centro de Empreendedorismo da Amazônia com o Programa AGIR (Apoio à Geração e Incremento de Renda) para formar jovens empreendedores com foco em sustentabilidade e guiar alguns desses jovens até a abertura de suas empresas monitorando suas atuações pelo primeiro trimestre de operação.

O programa é implementado pelo Centro de Empreendedorismos da Amazônia e tem como parceiro investidor a Wheaton Precious Metals.

Acompanhe as atividades pelo site Inova Up.

Núcleo de Desenvolvimento Rural

Núcleo de Desenvolvimento Rural da Estação Conhecimento Arari busca ser um Centro de Excelência em Permacultura e Bioconstrução que promova e gere tecnologias sociais e soluções para a produção sustentável da agricultura familiar nas comunidades de seu entorno.

Apoiado pela Fundação Vale em parceria com a Mandú Inovação Social, o Núcleo presta assessoria técnica e extensão rural no processo produtivo, fortalecendo a segurança alimentar e gerando renda às famílias atendidas.

Programa Fortalecimento de Conselhos

O Programa Fortalecimento de Conselhos, iniciativa da Fundação Vale que estimula o melhor aproveitamento dos recursos incentivados da Vale para Fundos da Criança e Adolescente e Fundos do Idoso, organizou este ano uma série de formações virtuais e assessoria técnica para 115 municípios do Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Pará e Rio de Janeiro.

O objetivo geral do programa é contribuir com o fortalecimento da gestão e atuação dos Conselhos de Direitos nas políticas públicas. Entre os temas abordados, estão os processos de regularização, planejamento, utilização dos recursos dos Fundos, repasses às Organizações da Sociedade Civil, monitoramento da execução dos recursos, transparência e prestação de contas.

Rede Mulheres do Maranhão

É um coletivo formado pelos negócios sociais que foram incubados, acelerados e graduados pelo AGIR executado na Estrada de Ferro Carajás (EFC). Os negócios sociais que formam a Rede Mulheres do Maranhão são formados majoritariamente por mulheres, as quais comercializavam produtos pela janela do trem de passageiros da EFC. Com a modernização do trem, em 2015, as janelas foram fechadas e estas mulheres perderam sua principal fonte de renda.

O AGIR apoiou os grupos em sua reinvenção diante do novo cenário e incentivou o cooperativismo e associativismo em rede. Como continuidade do Programa AGIR, a Rede Mulheres do Maranhão ganha protagonismo através da dinamização de suas atividades produtivas, integrando grupos de quebradeiras de coco babaçu à Rede, e acessando novos mercados. A implementação do programa e suportes aos negócios são realizados em parceria com a Mandú Inovação Social e o projeto conta com a Wheaton Precious Metals como parceiro investidor.

Para acompanhar as iniciativas e resultados do projeto, acesse o site Rede Mulheres do Maranhão.

Rotas e Redes Literárias

O Programa Rotas e Redes Literárias apoia as redes públicas de ensino a estruturar a política de promoção do livro e da leitura e a integrar ações de leitura no currículo. O programa fomenta o acesso ao livro e à leitura por meio da ampliação do acervo literário das escolas e da formação de professores em mediação de leitura, além de aprimorar as salas e os cantinhos de leitura das escolas.

Atualmente, o CEDAC é o parceiro executor do projeto em Ouro Preto – MG.

1 2