Programa “Rotas e Redes Literárias” inicia etapa presencial e educadores constroem trenzinhos literários

Grupo das construtoras com alguns dos trenzinhos literários feitos de madeira, com rodinhas, gavetas e compartimentos.
Educadoras construíram trenzinhos literários para atividades de incentivo à leitura.

O Programa “Rotas e Redes Literárias” que contribui para a formação de educadores, realizou em 2021 como primeira etapa, as formações virtuais. Para dar continuidade ao projeto, um grupo de vinte educadores da rede pública de Corumbá e Ladário construíram coletivamente o “trenzinho literário”. O objeto servirá aos espaços de leitura nas escolas, como resultado da oficina. Composto por dois vagões, o “trenzinho literário” materializa os conceitos debatidos no curso, compreendidos como necessários para a promoção e mediação da leitura. Dentre eles estão o reforço à importância da acessibilidade, pertencimento, identidade, mobilidade, protagonismo e compartilhamento.

O grupo ainda vivenciou processos de marcenaria na prática sob orientações da designer e marceneira Fernanda Tosta. Foram 40 horas de aprendizado em que puderam estruturar os móveis, montar as gavetas, colocar corrediças, rodinhas e dar o acabamento em tudo com lixas e seladora. Manusearam ainda ferramentas como furadeira, parafusadeira, serra tico-tico, esmerilhadeira e outros instrumentos. Ao final da semana, 4 protótipos foram construídos pelas mãos dos professores formandos que relataram grande satisfação em participar desta experiência:

A carpintaria literária é a realização de um sonho de tornar a literatura um movimento e um encantamento nas escolas.

Eliete Maciel, técnica da Secretaria Municipal de Educação de Corumbá.

Trenzinhos literários produzidos por educadores serão distribuídos nas escolas participantes do programa

Nos próximos meses, os marceneiros profissionais da região darão continuidade à produção em grande escala do material produzido no projeto. Isso porque cada uma das 48 unidades escolares de Corumbá e das quinze escolas de Ladário receberão um trenzinho produzido pelos alunos. A ação além de impactar positivamente alunos, impactou ainda a vida dos formadores, conforme comenta Silvia Maura, técnica da Secretaria Municipal de Educação de Ladário:

Tudo o que a gente constrói tem sentimento de pertença.”

Silva Maura, técnica da Secretaria Municipal de Educação de Ladário

Notícias relacionadas